O melhor do Festival do Minuto, em mostra no Masp

A exposição 1.000 Minutos de 80 Países' traz produções criadas no Brasil e no mundo

Camila Molina, de O Estado de S. Paulo,

04 Março 2009 | 16h00

Com tanto excesso de informação, fazer um vídeo sintético de apenas um minuto é o desafio que fascina há tempos Marcelo Masagão, curador, no Brasil, do Festival do Minuto, aqui criado em 1991, mas que ocorre em outras tantas partes do mundo. Segundo Masagão, o tema dos vídeos fica em segundo plano, porque o desafio lançado pelo festival é que criadores (a maioria, de amadores, no bom sentido) tenham a ousadia de inovar em termos de linguagem: mais do que a história, é preciso fisgar o espectador pela criatividade.     A mostra 1.000 Minutos de 80 Países, que abriu para o público nesta semana no Masp, reúne ampla seleção de vídeos recentes nesse formato. A exposição, que já foi apresentada em outras capitais do mundo e realizada em parceria com o festival da Holanda, ocupa o espaço privilegiado do subsolo do museu, onde até mesmo haverá projeções em uma grande tela instalada no piso.   1.000 Minutos de 80 Países. Masp. Av. Paulista, 1.578, tel. 3251-5644. 3.ª a dom., das 11 h /18 h; 6.ª, até 20 h. R$ 15 e R$ 7 (estudante); 3.ª grátis e diariamente para menores de 10 anos e maiores de 60 anos. Até 29/3

Mais conteúdo sobre:
Festival do Minuto Masp

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.