REUTERS/Mario Anzuoni/File Photo
REUTERS/Mario Anzuoni/File Photo

'O feminismo não é uma vara para bater nas outras mulheres', diz Emma Watson

Atriz recebeu críticas após posar para fotos da revista 'Vanity Fair'

Reuters

06 Março 2017 | 14h59

A atriz britânica Emma Watson reagiu aos críticos que a acusaram de trair seus ideais feministas ao posar para uma foto reveladora na revista Vanity Fair, na qual parte do seu decote é exposta.

Emma, co-estrela da franquia de filmes Harry Potter e pioneira da campanha HeForShe, que incentiva homens a defenderem direitos das mulheres, falou sobre o ensaio para a publicação enquanto divulgava seu filme mais recente, A Bela e a Fera, da Disney.

"Isso sempre me revela quantas concepções equivocadas e quantos mal-entendidos existem sobre o que é o feminismo", disse a atriz.

"O feminismo diz respeito a dar escolhas às mulheres. O feminismo não é uma vara para bater nas outras mulheres. Ele diz respeito à liberdade, diz respeito à libertação, diz respeito à igualdade. Realmente não sei o que meus peitos têm a ver com isso. É muito confuso".

 

 

"Estou confusa. A maioria das pessoas está confusa", disse.

A foto da revista, feita pelo aclamado fotógrafo de moda Tim Walker, mostra Emma vestida com um bolero de crochê branco sem sutiã ou camisa por baixo.

"Estávamos fazendo muitas coisas doidas naquela sessão, mas me pareceu incrivelmente artístico, e fiquei muito envolvida e engajada criativamente com Tim e estou muito empolgada de ver como as fotos ficaram interessantes e bonitas", afirmou.

Mais conteúdo sobre:
Emma Watson Disney Oscar

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.