O espetáculo do Oscar começa no tapete vermelho

O espetáculo começou. O desfile na passarela vermelha de Hollywood, que começa no meio da tarde em Los Angeles e início da noite no Brasil, dá início à 79.ª cerimônia do Oscar, comandada pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.As celebridades chegam sob um céu nublado e uma brisa fria, com uma temperatura de cerca de 14º C, pouco favorável aos decotes, e com uma ventania inconveniente para os penteados. Desfilaram as belas atrizes Cameron Diaz, Penélope Cruz, Jessica Biel, Kate Winslet, Helen Mirren e Jennifer Hudson. Entre os astros, o diretor de Uma Verdade Incoveniente Al Gore, o diretor Alejandro González Iñárritu e os atores Leonardo DiCaprio, Gael García Bernal e Peter O´Toole. A cantora Beyoncé e a cantora e atriz Jennifer López também figuraram entre as estrelas do tapete. J-Lo, sempre ao lado do marido Marc Anthony.A festa deve reunir 3.400 pessoas do mundo do espetáculo no Teatro Kodak, sob forte esquema de segurança. Penélope, Helen, Kate, DiCaprio, WhitakerO Oscar 2007 que vem sendo considerado o de maior presença hispânica da história, traz Penélope Cruz, que disputa o prêmio de melhor atriz por Volver de Pedro Almodóvar. Para a atriz espanhola, "a indicação foi incrível, já era hora. A oportunidade que Pedro (o diretor espanhol Pedro Almodóvar) foi incrível, aprendi muito com ele", disse Penélope. "Acho que é o meu melhor papel até o momento", acrescentou, dividindo o mérito com Almodóvar. "Como ator, você precisa de um diretor que te dê confiança".O roteirista mexicano Guillermo Arriaga, de Babel, que disputa o prêmio de melhor roteiro original disse que o México e América Latina têm uma cultura muito forte. O nosso filme tem essa característica".A favorita ao prêmio de melhor atriz Helen Mirren disse que "tentamos ser equilibrados no filme quando tratamos da monarquia. Eu aprecio e respeito enormemente a rainha", disse. Ela concorre por sua interpretação da rainha da Inglaterra Elizabeth II em A Rainha. O favorito na categoria melhor ator, Forest Whitaker, também falou com a imprensa no tapete vermelho. "Graças a Deus sou bem diferente do protagonista! Ele era um ditador". E revelou como se preparou para o filme: "Fiquei três meses na Uganda fazendo pesquisas". A mulher e também atriz Keis se mostrou orgulhosa. "(a indicação) Foi muito importante, um reconhecimento". Kate Winslet disse que está muito feliz por ter sido indicada e comentou a pedido da repórter as cenas picantes de Pecados Íntimos, filme pelo qual concorre ao prêmio de melhor atriz: O pior é o dia antes, não o dia da filmagem, mas quando o dia chega é prático, tem que fazer o que está fazendo e pensar que é uma cena que jamais será esquecida.Sobre o papel em Diamante de Sangue, Leonardo DiCaprio afirmou que "é raro fazer um filme que tenha a ver com um tema atual". O ator acrescentou que é um privilégio indescritível trabalhar com o cineasta Martin Scorsese. "Ele é o meu diretor favorito, eu não consegui trabalhar com ninguém que conhece a arte de fazer cinema como o Scorsese", disse ele.Kate Winslet disse que está muito feliz por ter sido indicada e comentou a pedido da repórter as cenas picantes de Pecados Íntimos, filme pelo qual concorre ao prêmio de melhor atriz: O pior é o dia antes, não o dia da filmagem, mas quando o dia chega é prático, tem que fazer o que está fazendo e pensar que é uma cena que jamais será esquecida.Com seus papéis, respectivamente em Os Infiltrados e Pecados Íntimos, DiCaprio, 32, e Kate, 31, que têm praticamente a mesma idade, mostram nesta 79.ª edição do Oscar que conseguiram superar o estigma de par romântico da superprodução de James Cameron, vencedora de 11 estatuetas no Oscar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.