Divulgação
Divulgação

'O Escritor Fantasma', de Polanski, ganha prêmio de melhor filme europeu

Longa venceu em outras cinco categorias, incluindo as de melhor diretor e melhor ator

AP

04 de dezembro de 2010 | 20h23

TALLIN, ESTÔNIA - O thriller político "O Escritor Fantasma", do diretor franco-polonês Roman Polanski, ganhou o prêmio de melhor filme da 23ª edição do festival European Film Awards.

O longa de Polanski venceu em outras cinco categorias da academia, incluindo a de melhor diretor e a de melhor ator, para Ewan McGregor. A atriz francesa Sylvie Testud levou o prêmio de melhor atriz por "Lourdes".

Em uma cerimônia em Tallin, capital da Estônia, na tarde deste sábado, 4, a academia também concedeu uma premiação de honra, pelo conujunto da obra, ao ator suíço Bruno Ganz.

O compositor e músico libanês Gabriel Yared foi laureado por escrever trilhas para os filmes "O Paciente Inglês" e "O Talentoso Ripley".

O European Film Awards reconhece os melhores filmes europeus desde 1988, buscando valorizar a indústria cinematográfica do continente como um contrapeso ao Oscar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.