O diretor Fernando Trueba critica o cinema americano

O diretor espanhol Fernando Trueba, que ganhou o Oscar de melhor filme estrangeiro por Belle Epoque, declarou que prefere trabalhar me seu país do que nos EUA, já que acredita que a indústria cinematográfica americana parece uma organização militar. "Nos Estados Unidos, eu não me atreveria dizer que uma equipe de cinema tem relações humanas", completou. Trueba, de 45 anos, receberá hoje no Chile uma medalha de ouro oferecida pela Confederação Internacional de Sociedades de Autores e Compositores. O músico brasileiro Milton Nascimento, o escritor português José Saramago e o poeta chileno Nicanor Parra também receberão o prêmio, que visa premiar as figuras que se destacam na cultura ibero-americana. Um ano após receber o Oscar, Fernando Trueba dirigiu o filme Two Much, em Hollywood, com Antonio Banderas, Melanie Griffith e Daryl Hannah. Em breve, estará estreando o novo trabalho do diretor, o documentário Calle 54, rodado em Nova York e que conta a história do jazz latino.

Agencia Estado,

24 de setembro de 2000 | 18h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.