"O Aviador" recebe 11 indicações ao Oscar

O Aviador, filme de Martin Scorsese baseado na biografia no pioneiro da aviação e milionário Howard Hughes, liderou as indicações ao Oscar e vai disputar 11 prêmios. Entre eles o de melhor filme. Leonardo DiCaprio, Cate Blanchett e Alan Alda foram indicados por duas atuações no filme e Scorsese vai disputar o prêmio de melhor diretor.O Brasil ficou de fora da disputa de melhor filme estrangeiro. Olga, de Jayme Monjardim, indicado brasileiro ao prêmio não foi escolhido. Os longas que vão disputar o prêmio são As It Is in Heaven, da Suécia; The Chorus, da França; Downfall, da Alemanha; The Sea Inside, da Espanha; e Yesterday, da África do Sul.O longa Diários de Motocicleta, de Walter Salles, que foi indicado ao prêmio César de melhor filme estrangeiro, não recebeu indicações em categorias principais, mas vai disputar o Oscar de melhor roteiro adaptado e melhor música, por Al Otro Lado Del Rio, de Jorge Dexler. O filme vai disputar o prêmio com Accidentally In Love, de Shrek 2; Believe, de O Expresso Polar; Learn To Be Lonely; O Fantasma da Ópera e Look To Your Path, de Les Choristes.A saga de uma boxeadora em Menina de Ouro e o conto de J.M. Barrie Em Busca da Terra do Nunca tiveram 7 indicações cada, entre elas as de melhor filme e melhor ator, para Clint Eastwood, Morgan Freeman, Hilary Swank e Johnny Depp. Eastwood também foi indicado ao prêmio de melhor diretor por Menina de Ouro. Os outros indicados a melhor filme são Ray, a biografia de Ray Charles, e a comédia dramática Sideways.Além de Eastwood, Jamie Foxx também recebeu duas indicações, a de melhor ator pelo papel principal em Ray e a de ator coadjuvante pelo papel do taxista de Collateral. A interpretação de Foxx como Ray Charles fez dele um forte candidato a vencer o prêmio. Interpretando o pioneiro da aviação e milionário Howard Hughes, DiCaprio também foi indicado a melhor ator. Quem completa a lista da disputa do prêmio são Depp, como o criador de Peter Pan Barrie, em Em Busca da Terra do Nunca; Eastwood, com o treinador de Menina de Ouro; e Don Cheadle, por Hotel Rwanda, em que ele interpreta um gerente de hotel que abrigou refugiados durante o genocídio de Ruanda.A categoria melhor atriz reprisa uma disputa de 1999, em que Hillary Swank venceu o prêmio, por Meninos Não Choram, quando disputou com Annette Bening, que concorreu por Beleza Americana. Desta vez, Hillary concorre por seu papel como uma lutadora de boxe que tem uma vida trágica, em Menina de Ouro. Annette vai concorrer por seu papel em Being Julia, no qual interpreta uma diva do teatro dos anos 1930. As duas venceram o Globo de Ouro, Hillary como atriz de drama e Annette como atriz de musical ou comédia. Também vão disputar o prêmio as atrizes Catalina Sandino Moreno, como uma colombiana que tenta levar drogas para os EUA, em Maria Cheia de Graça; Imelda Staunton, por sua interpretação em Vera Drake; e Kate Winslet, como a mulher que apaga as memórias de seu ex-namorado de sua cabeça, em Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças.Junto com Eastwood e Scorsese, foram indicados a melhor diretor Taylor Hackford, por Ray; Mike Leigh, por Vera Drake; e Alexander Payne, por Sideways. Scorsese, o mais proeminente diretor atual que nunca ganhou um Oscar, também nunca ganhou um prêmio de melhor filme. Considerado um favorito, O Aviador lhe dá a chance de finalmente conseguir os prêmios. O filme ganhou o Globo de Ouro de melhor drama, mas Eastwood bateu Scorsese no prêmio de melhor diretor.Além de Foxx, por Colateral, Alda foi indicado ao prêmio de ator coadjuvante, por seu papel em O Aviador, enquanto Freeman foi indicado por seu papel em Million Dollar Baby. Os outros indicados são Thomas Haden Church, por Sideways; Clive Owen, por Closer.Para a categoria melhor atriz coadjuvante, Cate Blanchett foi indicada por sua interpretação de Katharine Hepburn, em O Aviador; Laura Linney, por Kinsey; Virginia Madsen, por Sideways; Sophie Okonedo, por Hotel Rwanda; Natalie Portman, por Closer. Este foi o ano em que atores negros receberam o maior número de indicações da história do Oscar: cinco, das 20. O fato de Paul Giamatti, de Sideways, e Liam Neeson, de Kinsey, terem ficado de fora da disputa foi uma surpresa.O sucesso de Mel Gibson A Paixão de Cristo ficou de fora das principais categorias, mas foi indicado por fotografia, maquiagem e trilha sonora original. Michael Moore também ficou de fora das indicações de melhor filme e melhor documentário, por Fahrenheit 11 de Setembro. O documentário de Morgan Spurlock, Super Size Me, foi indicado a melhor documentário, junto com Born into Brothels, The Story of the Weeping Camel, Tupac: Resurrection, e Twist of Faith.Shrek 2 e Os Incríveis vão brigar pelo Oscar de melhor animação, junto com Os Espanta Tubarões. Disputam o prêmio de roteiro adaptado junto com Jose River, de Diários de Motocicleta, Richard Linklater, Julie Delpy e Ethan Hawke, por Antes do Pôr-do-Sol; David Magee, por Em Busca da Terra do Nunca, Paul Haggis por Menina de Ouro; e Alexander Payne e Jim Taylor, por Sideways. Na categoria roteiro original disputam o prêmio John Logan, por O Aviador; Charlie Kaufman, Michel Gondry e Pierre Bismuth, por Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças; Brad Bird, por Os Incríveis; e Mike Leigh, por Vera Dake.A cerimônia de entrega do Oscar acontece em 27 de fevereiro, no Teatro Kodak, em Hollywood. Nenhuma emissora de televisão aberta do Brasil comprou os direitos de exibição da festa, que será transmitida pelo canal de TV a cabo TNT. O ator Chris Rock será o apresentador da cerimônia, sendo a primeira vez desde 1996 que Billy Crystal, Whoopi Goldberg e Steve Martin não apresentam a festa. Veja a lista completa dos indicados

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.