'O Artista' leva Oscar de Melhor Figurino

O filme mudo "O Artista", um romance francês ambientado em Hollywood nos anos de 1920 e 1930, ganhou o Oscar de Melhor Figurino, neste domingo, na cerimônia da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas em Los Angeles, nos Estados Unidos.

REUTERS

26 de fevereiro de 2012 | 23h01

Mudo 99 por cento do tempo, narra a história de George Valentin, um astro do cinema mudo em decadência e cuja carreira foi ofuscada por Peppy Miller, mulher que ele ama, em um momento no qual o som está pondo um fim à era do cinema mudo.

O filme de Michel Hazanavicius homenageia o antigo cinema norte-americano, em torno do estúdio Kinograph.

"O Artista" teve dez indicações, perdendo apenas para "A Invenção de Hugo Cabret", de Martin Scorsese, outra homenagem aos primórdios do cinema sobre um menino perdido que tenta encontrar o caminho de casa.

Tudo o que sabemos sobre:
FILMEOSCARFIGURINO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.