NYT elogia Casa de Areia, filme de Andrucha Waddington

O jornal norte-americano "New York Times" elogiou o filme do brasileiro Andrucha Waddington "Casa de Areia", que estréia em Los Angeles e em Nova York, em artigo publicado nesta sexta-feira. O jornal classificou o longa, protagonizado por Fernanda Montenegro e Fernanda Torres, como "adorável"."Assim como as mulheres do filme, você vai aos poucos se acostumando com a paisagem (os Lençóis Maranhenses) e começa a apreciar a beleza", diz a crítica assinada pelo jornalista A.O Scott, acrescentando que no começo os lugares parecem hostis demais para serem habitados por seres humanos. "A terra tem tanta presença no filme que quase adquire status de personagem", diz o artigo.O "NYT" chama ainda as Fernandas, mãe e filha no filme e na realidade, de "tesouros nacionais do cinema brasileiro", e finaliza o artigo dizendo que, no início "´Casa de Areia´ dá a impressão de mostrar apenas um território "selvagem", mas a trama acaba revelando um "surpreendente romance colorido" vivido em um "magnífico deserto". Não é a primeira vez que o "New York Times" tece elogios ao longa de Andrucha Waddington. No fim de julho, "Casa de Areia" foi capa do caderno "Arts & Leisure", no domingo. Na reportagem, o jornalista Larry Rohter entrevista o cineasta brasileiro. No artigo, o jornal chama Fernanda Montenegro de "grande dama das atrizes brasileiras, comparada freqüentemente com Anna Magnani e Katharine Hepburn"."Casa de Areia", que estreou no Brasil em 2005, foi filmado nos Lençóis Maranhenses e conta a história de três gerações de mulheres que se perdem num labirinto de areia para terminarem se encontrando. Além de Fernanda Montenegro e Fernanda Torres, integram o elenco Stênio Garcia, Seu Jorge e Enrique Diaz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.