Novo "Harry Potter" decepciona a crítica

Harry Potter e a Câmara Secreta, o segundo filme inspirado na saga de J.K. Rowling, desapontou os críticos americanos. Os fãs do feiticeiro-mirim deverão lotar novamente as salas em todo o mundo, a exemplo do primeiro filme, que faturou US$ 967 milhões, mas sua nova aventura no cinema mereceu críticas bastante negativas em veículos como o Washington Post e Hollywood Reporter.Para a crítica, a adaptação mostrou-se reverente ao texto da escritora britânica. "O diretor (Chris) Columbus manteve no roteiro até os elementos mais secundários do livro, incluindo os personagens menos felizes. Aquilo que no livro aparece como um relato intrigante, na tela vira uma trama pesada, que se arrasta por 161 minutos", publicou o Hollywood Reporter.Já para o Washington Post, os problemas são a estrutura narrativa ("inexistente") e o ritmo do filme ("frenético quando devia ser calmo, e vice-versa"). "As cenas de ação e o excesso de efeitos de computador tentam disfarçar o fato de que Harry Potter é um filme longo, chato e vazio."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.