Novo filme de Oliver Stone traça retrato polêmico de Bush

'W' traz um perfil minucioso do presidente americano - do jovem que gostava de festas ao líder da Casa Branca

Da Redação,

08 de abril de 2008 | 21h06

Em W, novo filme do diretor Oliver Stone, o presidente americano, George W. Bush, é retratado através de uma clássica história americana - como um homem que gostava muito de festas e se torna uma nova pessoa, ao largar o álcool, encontrar a religião e adotar uma nova postura. O roteiro da produção foi obtido pela rede americana ABC.  Veja também:Ex-reféns das Farc oferecem história para filme de Oliver Stone Com lançamento previsto para 2009, a produção trará Josh Brolin no papel principal, Elizabeth Banks como a primeira-dama americana, Laura Bush e James Cromwell na pele de George Bush pai. O diretor ainda quer que Thandie Newton - que estrelou Missão Impossível II - encarne a secretária de Estado dos EUA, Condoleeza Rice. O longa capta momentos controversos da vida do presidente americano: os rumores de que seu pai facilitou sua entrada na Universidade de Harvard, sua prisão durante a faculdade, o episódio que quase se transformou numa briga de socos entre pai e filho, quando Bush pai chegou bêbado em casa na década de 70, e a promessa do líder americano de nunca mais beber, após acordar com ressaca no dia seguinte a seu aniversário de 40 anos. W ainda mostra momentos críticos da carreira política de Bush, como sua obsessão pela invasão do Iraque e a frustração do presidente em não encontrar armas de destruição em massa no país. O lançamento do filme pode ser antecipado para antes da eleição presidencial americana de novembro. O diretor parece estar acostumado a filmes que retratam personalidades políticas. Em 1991, filmou JFK, sobre o assassinato de John Kennedy, e em 1995, Nixon, que retratava a vida política e pessoal de Richard Nixon, além de um documentário sobre Fidel Castro, em 2002.

Tudo o que sabemos sobre:
Oliver StoneWGeorge W. Bush

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.