Novo edital de Paulínia vai distribuir R$ 8,9 milhões

Além do festival deste ano, em julho, ação faz parte do plano de retomada do Polo de Cinema, desativado em 2012

Flavia Guerra, O Estado de S. Paulo

27 de fevereiro de 2014 | 19h39

Depois de quase dois anos, a prefeitura de Paulínia reabre edital de produção de longas e curtas-metragens. Com inscrições já disponíveis no site oficial da cidade (http://www.paulinia.sp.gov.br/), o edital vai destinar R$ 8,980 milhões para a realização de filmes neste ano. "Serão R$ 980 mil para 14 curtas e R$ 8 milhões para 10 longas", informa a secretária de Cultura de Paulínia, Mônica Trigo. "O de curtas vai ter um recorte regional, que é um compromisso do prefeito (Edson Moura Jr.), porque na gestão passada houve o cancelamento de um edital de que já estava em finalização."

Além da premiação regional, os demais Estados do País também serão contemplados. Cada vencedor receberá R$ 70 mil. Nas duas categorias, ao menos três projetos serão de estreantes.

Já para os longas, foi criado um edital de complementação de recursos para filmagem, com duas categorias. "A primeira é voltada para produções de mercado, com qualidade artística e técnica, claro, mas com recorte comercial. Cada projeto pode receber até R$ 1 milhão", explica a secretária. "A outra categoria premia e reconhece produções voltadas para o circuito nacional e internacional de festivais, que podem receber, cada uma, até R$ 500mil. Isso para atender a propostas de linguagem inovadora", informa Mônica. "O próprio Festival de Paulínia já premiou diversos filmes com este perfil, como Febre do Rato (de Claudio Assis). Então, se temos esses filmes em nosso festival, no edital também devemos incentivar produções com esse desenho."

O edital faz parte de um plano de ação da retomada do Polo de Cinema de Paulínia, que começou com a realização do Festival de Cinema no fim de 2013. Neste ano, o festival ocorre a partir de 15 de julho e trará, além da competição nacional, uma internacional. "Queremos trazer realizadores e exibidores estrangeiros. E retomaremos a Escola Magia do Cinema ainda neste semestre."

Em paralelo, será realizada mostra itinerante nos bairros da cidade a partir do segundo semestre. Nos fins de semana, no Teatros Municipal, haverá sessões grátis de clássicos do cinema.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.