Nova-iorquino é preso por piratear 'X-Men Origens: Wolverine'

Agentes do FBI prenderam na quarta-feira um nova-iorquino sob acusações de que ele teria baixado uma cópia do filme "X-Men Origens: Wolverine" na Internet antes do lançamento nos cinemas em maio, disse uma porta-voz.

REUTERS

16 de dezembro de 2009 | 18h44

A porta-voz do FBI Laura Eimiller disse que a investigação continua para descobrir como Gilberto Sanchez, de 47 anos, da cidade de Nova York, obteve a cópia postada no Megaupload.com.

Quando o filme chegou à rede, autoridades da Twentieth Century Fox, a unidade da News Corp que estava por trás do filme, expressou o temor de que isso fosse prejudicar as bilheterias.

Sanchez, que foi detido em sua casa, foi acusado de baixar ilegalmente a cópia de uma obra para a Internet, o que acarreta uma pena máxima de três anos na prisão e uma multa de 250 mil dólares, disse o FBI.

"X-Men Origens: Wolverine", que tem Hugh Jackman no elenco, fez 373 milhões de dólares nas bilheterias mundiais.

(Reportagem de Alex Dobuzinskis)

Tudo o que sabemos sobre:
FILMEPIRATARIAWOLVERINE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.