Simon Dawson/Reuters
Simon Dawson/Reuters

Nicole Kidman muda aparência radicalmente para drama 'Destroyer'

No filme, a atriz vive uma policial abatida e de aparência cansada com uma história de vida dolorosa

Jayson Mansaray e Hanna Rantala, Reuters

15 Outubro 2018 | 14h36

A atriz Nicole Kidman passou por uma transformação dramática para o novo filme Destroyer, no qual vive uma policial abatida e de aparência cansada com uma história de vida dolorosa.

A vencedora do Oscar trocou as mechas loiras por um corte na altura do pescoço com estilo desleixado para viver Erin Bell, uma detetive cujo passado continua a assombrá-la anos depois de se infiltrar em uma gangue de criminosos em uma operação com consequências devastadoras.

"Eu simplesmente a senti, e senti tristeza e dor por ela", disse Nicole no Festival de Cinema de Londres no domingo, 14. "Achei que havia uma inquietação e uma complexidade em sua raiva que acho nunca ter visto na tela, particularmente na forma feminina".

Essa não é a primeira vez que estrela de Hollywood de 51 anos muda o visual para um papel, como quando interpretou Virginia Woolf em As Horas, papel que lhe rendeu um Oscar. Críticos elogiaram sua atuação em Destroyer e disseram que a atriz está "quase irreconhecível".

"A maneira como apareço e me comporto no filme é o resultado de muito trauma", disse Nicole. "Essa é a beleza do cinema, você usa a imagem, você nem sempre precisa ter as palavras".

A diretora Karyn Kusama descreveu Erin como um "ser humano realmente complicado" que lida com arrependimento, culpa e vergonha.

Uma equipe de cabeleireiros e maquiadores trabalhou na transformação da aparência de Nicole Kidman. "Conversamos muito sobre os danos do sol, da falta de sono, do excesso de bebida e da alimentação insuficiente e chegamos a uma versão extrema de toda essa falta de cuidados pessoais", contou Karyn.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.