Nicole Kidman ganha ordem contra fotógrafos

A atriz Nicole Kidman, vencedora do Oscar de melhor atriz em 2003, ganhou hoje uma ordem temporária contra dois fotógrafos que teriam colocado um aparelho de escuta na mansão dela em Sydney.Nicole abriu o processo na corte local na quarta-feira, para conseguir uma ordem judicial de restrição contra os fotógrafos Jamie Fawcett, de 43 anos, e Ben McDonald, de 32, depois de os seguranças dela terem encontrado, no começo da semana, uma escuta na casa dela m, em Sydney, onde a atriz está filmando seu novo filme, Eucalyptus.Fotógrafos paparazzi têm rodeado a casa da estrela desde quando ela chegou à cidade, no domingo, para as filmagens.Nicole e os fotógrafos não estavam na audiência. A juíza Lee Gilmore ordenou que os fotógrafos não se aproximem da casa da atriz e cheguem a, no máximo, 20 metros da mansão. A ordem vale até no mínimo 11 de fevereiro, quando o caso volta à corte. Os seguranças de Nicole faziam um ronda de rotina na propriedade da atriz quando encontraram a escuta, que eles disseram poderia ser usada para detalhara os movimentos dela e ajudar os paparazzi a fotografá-la.Graham Walsh, advogado de McDonald, disse na corte hoje que seu cliente "nega enfaticamente que esteja ligado à escuta encontrada na casa da senhorita Kidman". Roland Day, representando Fawcett, também negou as alegações e disse que seu cliente estava apenas fazendo seu trabalho.

Agencia Estado,

27 de janeiro de 2005 | 11h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.