Naves espaciais são os novos astros, em 'Interestelar'

Diretor diz que realiza um sonho de infância e afirma que o grau de detalhes ajudou atores durante as filmagens

Bryan Alexander, USA Today

06 de novembro de 2014 | 02h06

Os astros de Interstelar de Christopher Nolan, desta vez, são as complexas naves espaciais que transportam os exploradores do filme - Matthew McConaughey, Anne Hathaway e David Gyasi - para novas galáxias. O diretor diz que foi fundamental construir uma estação espacial, chamada The Endurance. "O ponto focal do filme é o nosso familiar planeta Terra. Nossos desenhos não contêm muito futurismo", afirma Nolan. "Queria introduzir este tom na nave, não dar um salto muito grande no futuro."

Nolan e seu diretor de arte, Nathan Crowley, passaram meses elaborando os desenhos iniciais, baseados nas espaçonaves existentes, antes de entregá-los para a equipe de Interstelar. Para isso, tiveram ajuda da astronauta Marsha Ivins, que explicou aspectos como o sistema de atracação da nave.

Nolan construiu seções completas do interior do módulo anular, inclusive o cockpit e os alojamentos. As próprias imagens espantosas de corpos celestes vistas na tela fizeram parte do set, ao contrário dos efeitos chroma key que em geral são acrescentadas mais tarde.

"Portanto, quando nos virem a bordo de uma nave espacial, é porque estamos numa nave espacial", diz Anne. "E quando nos virem olhando da janelinha para um corpo celeste, há de fato um corpo celeste projetado numa tela fora de uma janela."

Nolan mandou construir dois modelos das naves quase de tamanho natural e as levou à Islândia coberta de neve para filmar as cenas principais do pouso sobre um planeta gelado. "Foi uma façanha e tanto encher todo o espaço reservado para a carga de um 747 e depois depositar uma nave sobre uma geleira, no meio da água, na Islândia", lembra Nolan. Depois, as espaçonaves voltaram para o set em Los Angeles e foram instaladas sobre suportes com uma câmera para conseguir tomadas comparáveis às da Nasa.

Nolan acredita que o grau de detalhes ajudou os atores e permitirá maior envolvimento dos espectadores. "É a realização de um sonho de criança construir naves como estas e fotografá-las", conta Nolan. "Durante toda a minha vida esperei fazer isso." / TRADUÇÃO DE ANNA CAPOVILLA

Tudo o que sabemos sobre:
Filme InterestelarChristopher Nolan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.