Dylan Martinez
Dylan Martinez

Natalie Dormer estreia como roteirista no suspense 'In Darkness'

Atriz ficou conhecida por atuações na série de televisão 'Os Tudors' e a franquia de filmes 'Jogos Vorazes'

Reuters

03 Julho 2018 | 15h52

LONDRES - A atriz Natalie Dormer, de Game of Thrones, está na frente e atrás das câmeras no suspense In Darkness, um filme que começou a escrever quase 10 anos atrás frustrada com a falta de papéis tridimensionais para mulheres.

+++ Natalie Dormer, de 'Game of Thrones', vem ao Brasil para Comic Con Experience

A artista de 36 anos, também conhecida pela série de televisão Os Tudors e a franquia de filmes Jogos Vorazes, estrela como a pianista cega Sofia, que ouve seu vizinho do andar de cima ser assassinado, o que a leva a um mundo sombrio de criminosos de guerra.

+++ Natalie Dormer diz que sempre passa vergonha por causa de sua cachorrinha

Natalie iniciou o roteiro em 2009, mas diz que as coisas mudaram no cinema desde então graças a filmes protagonizados por mulheres, como Cisne Negro e Millennium: Os Homes que Não Amavam as Mulheres.

+++ Veja como eram os atores de 'Game of Thrones' antes da série

"Foi antes desta revolução que tivemos por querer mulheres de carne e osso, tridimensionais e imperfeitas como nossas protagonistas. Acho que podemos, no tocante aos roteiros, ver essa onda - mais lenta do que gostaríamos, mas está acontecendo”, disse ela em uma entrevista.

+++ Artistas que ganharam espaço em produções do mundo nerd graças a 'Game of Thrones'

"Por trás da câmera é uma questão muito mais pertinente... se me levou sete anos para filmar meu filme independente, são... as roteiristas, diretoras e cinegrafistas que estão tentando fazer suas coisas. Isso é algo que não veremos durante anos".

As mulheres representaram 18% dos roteiristas, diretores, produtores, editores e cinegrafistas que trabalharam nos 250 filmes mais lucrativos dos Estados Unidos no ano passado, uma mudança pequena em relação a 1998, segundo o Centro de Estudos de Mulheres na Televisão e no Cinema.

Natalie divide os créditos do roteiro do título com seu noivo Anthony Byrne, que o dirigiu, e ambos o produziram.

Indagada sobre como foi estar atrás das câmeras pela primeira vez, ela disse à Reuters: "É uma experiência completamente diferente de atuar".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.