Nanni Moretti lidera indicações ao Oscar italiano

O polêmico filme do diretor italiano Nanni Moretti, Il Caimano, recebeu 13 indicações para a 50ª edição do Prêmio David di Donatello, principal prêmio do cinema italiano. Além de concorrer ao prêmio de melhor filme, Il Caimano (apelido dado pela imprensa de esquerda ao premier Silvio Berlusconi) foi indicado para melhor direção, melhor roteiro, melhor produção, melhor atriz e melhor atriz coadjuvante. Nanni Moretti também recebeu indicação para melhor ator coadjuvante, pois ele próprio atua no filme. Seu filme também concorre nas categorias melhor direção de fotografia, melhor trilha sonora, melhor direção de arte, vestuário, e som. Além destes 13 prêmios, há também o Prêmio da Crítica. O último filme de Moretti, que estreou na Itália no final de março, é alvo de polêmicas no país, pois apresenta de um modo bem humorado o atual primeiro-ministro Silvio Berlusconi e atrai um público de esquerda que sonha em livrar-se dele nas eleições gerais, que ocorrem nos dias 9 e 10 de abril deste ano. Moretti, que está liderando as bilheterias na Itália com sua última produção, recebeu em 2001 a Palma de Ouro em Cannes pelo seu filme "O quarto do filho". Também participam da competição na 50ª edição do "Oscar" do cinema italiana o filme La Bestia nel Cuore, de Cristina Comencini, que foi indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro deste ano, e o último filme de Roberto Begnini, La Tigre e la Neve, que concorre a melhor trilha sonora e efeitos especiais.

Agencia Estado,

05 de abril de 2006 | 13h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.