Namorado de Marie Trintignant fala em suicídio

Principal suspeito de agredir brutalmente a atriz Marie Trintignant, Bertrand Cantat só foi avisado da morte de sua namorada, que ocorreu na sexta, três dias depois. A informação foi dada por seu advogado, Leonas Papirtis, explicando que o cantor francês, preso na Lituânia, tem falado em se matar. "Como eu poderia dar a notícia depois que ele me contou que queria morrer?", falou o advogado. Quando enfim ficou sabendo, Bertrand reagiu "muito, muito mal", segundo Papirtis.O músico francês, líder da banda de rock Noir Desir, deve ficar detido até o dia 14, enquanto são formalizadas eventuais acusações contra ele. Ontem, uma autópsia preliminar confirmou que a atriz morreu vítima de repetidos e brutais golpes na cabeça. O exame complica a primeira versão que o cantor dem em audiência em Vilna, capital do país, quando pediu que o caso fosse visto como um acidente, não um crime. Marie deve ser enterrada amanhã em Paris. Os advogados de sua família querem que Bertrand seja acusado de homicídio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.