Namíbia quer que Angelina e Pitt sejam cidadãos honorários

Os atores Angelina Jolie e Brad Pitt, pais de Shiloh Nouvel, que nasceu em maio de 2006 na Namíbia, planejam retornar ao país nos próximos meses e decidirão se aceitam ser cidadãos honorários do país, segundo a edição desta sexta-feira do jornal The Namibian. O casal deve visitar a Namíbia no fim do ano, onde poderá passar um tempo longe dos holofotes, como fez no ano passado, durante dez semanas, antes e depois do nascimento de Shiloh.O jornal afirma que o governo do país ofereceu aos dois a cidadania honorária do país "como gesto de apreciação pelo que fizeram pela Namíbia", segundo uma fonte oficial não identificada pelo veículo. Shiloh, cidadã do país africano, nasceu em um hospital na cidade de Nwakopmund. Segundo o governo, é provável que o casal aceite a proposta. "Angelina e Brad ficaram muito agradecidos por isso, mas pediram tempo para pensar", afirmou a fonte.Entre outras razões, os dois querem saber se a cidadania honorária pode interferir em seu trabalho filantrópico e em seu status de embaixadores da boa vontade do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur).O Namibian lembra que a atriz já é cidadã honorária do Camboja, onde adotou seu filho Maddox, de 5 anos. Angelina e Pitt, que se apaixonaram em 2005 durante as filmagens de Sr. e Sra Smith, também adotaram a etíope Zahara, de 2 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.