Na repescagem da 42ª Mostra, a última chance para quem não viu as obras de grandes diretores

Na repescagem da 42ª Mostra, a última chance para quem não viu as obras de grandes diretores

A repescagem do evento ocorrerá somente no Cinesesc, desta quinta, 1.º, até a quarta, 7; entre os destaques, o filme 'Nuestro Tiempo', eleito melhor filme estrangeiro na Mostra

Luiz Carlos Merten, O Estado de S. Paulo

31 Outubro 2018 | 22h13
Atualizado 01 Novembro 2018 | 10h04

Como sempre, para quem não conseguiu assistir aos 315 filmes que integraram a programação da 42.ª Mostra, o evento oferece um ‘chorinho’ – a última chance. A repescagem da Mostra de 2018 ocorrerá somente no Cinesesc, desta quinta, 1.º, até a quarta, 7. Entre os vencedores do prêmio da crítica, só o melhor filme estrangeiroNuestro Tiempo, do mexicano Carlos Reygadas – integra a seleção. O brasileiro Todas as Canções de Amor, de Joana Mariani, ficou de fora, mas por um motivo plenamente justificado – estreia na próxima quinta, 8.

Reygadas, Nuri Bilge Ceylan, Olivier Assayas, Lee Chang-dong, Amos Gitai. Todos passarão de novo. Ceylan, o grande autor da Turquia, atinge um daqueles momentos que você pode definir como ‘sublime’ em A Árvore dos Frutos Selvagens. Siran, o protagonista, reencontra a antiga namorada. Conversam sob umas árvore, cujas folhas – douradas do outono – começam a cair. Conversam? Na verdade, muito mais interessante do que aquilo que dizem, talvez seja o que calam (mas revelam pelos olhos e gestos tensos).

Ceylan tem um olho para a beleza, mas, no limite, o que se retém dos filmes dele são os admiráveis diálogos – a discussão de Siran, que quer publicar seu primeiro livro, com o escritor consagrado. Ele o considera um tolo; agridem. Siran, que é islâmico, sente-se atormentado por dúvidas. Vai aos religiosos, que o esclarecem, mas levantam novas questões. A fé, como o amor, talvez não deva ser explicada racionalmente. O amor também está no centro de Nuestro Tiempo, e o próprio diretor Reygadas faz o protagonista. A mulher e ele têm um acordo de amor livre, mas, quando ela se retrai, manifesta dúvidas, ele surta. Pensa que ela está apaixonada pelo amante. A relação corre o risco de implodir.

Com uma audácia sem limites no tratamento da forma, Reygadas explode a narrativa tradicional. Cria cenas tão longas quanto belas – uma brincadeira de jovens no barro; um concerto de címbalos. A natureza participa do ciclo da vida – tempestades, duelos de touros. O casal protagonista possui uma fazenda para criação desses animais. 

Gitai, com três filmes, A Casa, Uma Carta para um Amigo em Gaza e Um Trem em Jerusalém, flagra de novo os impasses do Oriente Médio – existirá outro tema para ele? São destaques – as transformações do mundo editorial no Assayas, Vidas Duplas; a prisão da ex-presidente Dilma, também durante a ditadura, em Torre das Donzelas, de Susanna Lira; o sequestro que encobre algo muito maior, como percebe o policial de Culpa, de Gustav Möller, etc. Há muito que (re)ver na repescagem.

Veja a programação da Repescagem da 42.ª Mostra Internacional de São Paulo

01/11/18 - Quinta

Sessão 2002 - 14:00

A ÁRVORE DOS FRUTOS SELVAGENS (THE WILD PEAR TREE), de Nuri Bilge Ceylan (188'). Indicado para: 14 anos.

Sessão 2003 - 17:30

MEIO IRMÃO (HALF BROTHER), de Eliane Coster (98'). Indicado para: 16 anos.

Sessão 2004 - 19:30

CULPA (THE GUILTY), de Gustav Möller (88'). Indicado para: 14 anos.

Sessão 2005 - 21:20

LA QUIETUD (THE QUIETUDE), de Pablo Trapero (111'). Indicado para: 18 anos.

02/11/18 - Sexta

Sessão 2006 - 14:00

UM TREM EM JERUSALÉM (A TRAMWAY IN JERUSALEM), de Amos Gitai (90'). Indicado para: 14 anos.

Sessão 2007 - 16:00

MINHA VIDA NA ALEMANHA DE HITLER (MY LIFE IN HITLER'S GERMANY), de Jérôme Prieur (104'). Indicado para: Livre.

Sessão 2008 - 18:10

UTØYA - 22 DE JULHO (U-JULY 22), de Erik Poppe (97'). Indicado para: 16 anos.

Sessão 2009 - 20:15

EM CHAMAS (BURNING), de Chang-dong Lee (148'). Indicado para: 16 anos.

03/11/18 - Sábado

Sessão 2010 - 14:00

CHUVA É CANTORIA NA ALDEIA DOS MORTOS (THE DEAD AND THE OTHERS), de João Salaviza, Renée Nader Messora (113'). Indicado para: 10 anos.

Sessão 2011 - 16:20

GUERRA FRIA (COLD WAR), de Pawel Pawlikowski (84'). Indicado para: 16 anos.

Sessão 2012 - 18:15

¡LAS SANDINISTAS! (¡LAS SANDINISTAS!), de Jenny Murray (96'). Indicado para: 12 anos.

Sessão 2013 - 20:15

CAFARNAUM (CAPERNAUM), de Nadine Labaki (120'). Indicado para: 16 anos.

04/11/18 - Domingo

Sessão 2014 - 14:00

VIDA LIBRE (THE LIFE FREE), de Marc Recha (90'). Indicado para: 12 anos.

Sessão 2015 - 16:00

A CASA (HOUSE), de Amos Gitai (51'). Curta: UMA CARTA PARA UM AMIGO EM GAZA (A LETTER TO A FRIEND IN GAZA), de Amos Gitai(34'). Indicado para: 12 anos.

Sessão 2016 - 18:00

A ÁRVORE DOS FRUTOS SELVAGENS (THE WILD PEAR TREE), de Nuri Bilge Ceylan (188'). Indicado para: 14 anos.

Sessão 2017 - 21:30

VIDAS DUPLAS (NON-FICTION), de Olivier Assayas (107'). Indicado para: 14 anos.

05/11/18 - Segunda

Sessão 2018 - 14:00

LA HORA DE LOS HORNOS (), de Fernando E. Solanas, Octavio Getino (260'). Indicado para: 14 anos.

Sessão 2019 - 18:45

O TERMÔMETRO DE GALILEU (GALILEO'S THERMOMETER), de Teresa Villaverde (105'). Indicado para: Livre.

Sessão 2020 - 21:00

DE PAI PARA FILHO (FATHER TO SON), de Ya-chuan Hsiao (115'). Indicado para: 16 anos.

06/11/18 - Terça

Sessão 2021 - 14:00

O ENTERRO DE KOJO (THE BURIAL OF KOJO), de Blitz Bazawule (80'). Indicado para: 16 anos.

Sessão 2022 - 15:50

O SEGREDO DE NÁPOLES (NAPLES IN VEILS), de Ferzan Ozpetek (112'). Indicado para: Livre.

Sessão 2023 - 18:10

SÓCRATES (SÓCRATES), de Alex Moratto (71'). Indicado para: 14 anos.

Sessão 2024 - 19:50

TORNANDO-SE ASTRID (BECOMING ASTRID), de Pernille Fischer Christensen (123'). Indicado para: 12 anos.

07/11/18 - Quarta

Sessão 2025 - 14:00

ESTRANHOS DA PACIÊNCIA (STRANGERS OF PATIENCE), de Vladimir Alenikov (103'). Indicado para: 14 anos.

Sessão 2026 - 16:10

TORRE DAS DONZELAS (MAINDEN'S TOWER), de Susanna Lira (97'). Indicado para: 14 anos.

Sessão 2027 - 18:10

LA QUIETUD (THE QUIETUDE), de Pablo Trapero (111'). Indicado para: 18 anos.

Sessão 2028 - 20:20

NUESTRO TIEMPO (OUR TIME), de Carlos Reygadas (173'). Indicado para: 18 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.