Mostra reúne raridades da Cinemateca

Pergunte ao próprio Claude Chabrol qual o melhor filme que dirigiu. Ele dirá: o próximo. É sua resposta invariável, mas se você pressionar, Chabrol vai dizer que seus melhores filmes são A Mulher Infiel e OAçougueiro. O primeiro integra a programação Raridades daCinemateca, que começa amanhã na sala do Largo Senador RaulCardoso. É, realmente, um grande Chabrol.Michel Bouquet é casado com Stéphane Audran. Ela sechama Hélne, como tantas heroínas do diretor. Tem um amante(Maurice Ronet). O marido descobre. Chabrol é insuperável napintura de uma certa burguesia francesa, que habita a província.Cria um desfecho espetacular, numa cena que mistura zoom deaproximação com travelling de afastamento. É deslumbrante. Valetodos os efeitos especiais que a máquina de Hollywood não secansa de nos impingir em fantasias banais. E o maisimpressionante é que Arthur Penn chegou à mesma solução técnicae estética, no mesmo ano, no final de seu filme sobre (e com)Arlo Guthrie: Deixem-nos Viver. Um não sabia o que o outroestava fazendo. É o mistério do cinema.Há mais atrações na programação. O Barão Aventureiroé western de Sam Fuller com Vincent Price. O mestre da açãoencontra o príncipe da interpretação de atormentados heróis deterror. Precisa mais? Dois clássicos japoneses são imperdíveis:Caça às Feras é policial contemporâneo de Eizo Sugawa comTatsuya Nakadai e Aqui Termina o Inferno representa o cinemado mais trágico e ideológico dos grandes diretores do Japão -Masaki Kobayashi, autor do genial Rebelião. E há também Mamma Roma, o manifesto do cinema depoesia de Pier-Paolo Pasolini, que oferece a Anna Magnani um deseus mais belos papéis, como a prostituta que se sacrifica pelofilho. Anna é tão imensa que quase não deixa espaço para que sefale de Marcha Nupcial, o clássico de Erich von Stroheim, eRosa dos Ventos, com os episódios de Alex Viany e GilloPontecorvo, também no ciclo.Sala Cinemateca, Largo Senador Raul Cardoso, 207.Tel.: (0xx11) 5084.2318. Ingressos: R$ 6,00.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.