Mostra repassa o cinema do mestre Yoji Yamada

O diretor japonês Yoji Yamada é tema da mostra que começa hoje no Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo. Com mais de 80 filmes no currículo, Yamada é mais conhecido em seu país pela série Quero Ser Homem, que teve mais de 30 títulos. Mas engana-se quem o toma por um diretor comercial.Sua extensa filmografia jé lhe valeu 18 vezes o prêmio Kino-Jumpo, espécie de Oscar do cinema japonês. Inclui títulos de muitas qualidades estéticas, de que é exemplo Tasogare Seibel, que cativou a crítica do Festival de Berlim - e que será uma atrações da próximo Mostra Internacional de Cinema São Paulo, em outubro.Tasogare Seibel não está na seleção, porém, da mostra do CCBB. O ciclo reúne filmes das séries Quero Ser Homem (com o herói Tora-San) e Escola, entre outros. Um dos destaques é Em Busca do Arco-Íris, sobre um adolescente que foge de casa e acaba arrumando trabalhando num cinema do interior.Leia mais.Mostra Yoji Yamada - Centro Cultural Banco do Brasil, R. Álvares Penteado, 112, tel.: 3113-3651. Até dia 22.

Agencia Estado,

17 de junho de 2003 | 17h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.