Mostra em SP homenageia mulheres do cinema

Três meses depois de sua estréia, a Semana O Especialista de Cinema volta a ser realizada em São Paulo. Desta vez, presta homenagem às diretoras, atrizes, produtoras e ao universo feminino no cinema. Se depender delas, a homenagem é mais do que justa. "A lembrança se justifica porque a participação feminina no cinema brasileiro tem sido realmente significativa", diz a diretora Laís Bodanzky, que abre o evento com seu filme Bicho de Sete Cabeças.Lina Chamie, diretora de Tônica Dominante, concorda. "Com o aumento de produções nacionais, cresce naturalmente o número de diretoras. O mais interessante é que o espaço ocupado por elas é de extrema qualidade artística." Para Laís, o olhar feminino é significativo, mas não definitivo. Seu filme, que mostra a realidade dos manicômios, não é o retrato feminino da violência. "Ouço poucos comentários sobre isso. Mas sempre me dizem: Como alguém tão pequenininha como você pôde fazer um filme tão vigoroso?" Lina concorda: "Há diferenças entre filmes de diferentes diretores independentemente do sexo. O mesmo tema abordado terá sempre diferentes olhares."Mais do que comemorar o mês das mulheres, a Semana pode entrar no calendário cultural da cidade. "Conseguimos tornar o evento fixo e trimestral", comemora Tomas Alvim, sócio-fundador da Beiweb, produtora e lincenciadora de conteúdo para Internet que detém o site oespecialista.com.br. Para Laís, a iniciativa é mais que bem-vinda. "A proposta é muito interessante porque a Semana é aberta ao grande público. Num momento importante para o cinema nacional, investir nisso é crucial", diz. Foi a grande procura do público, aliás, que fez com que dois filmes ganhassem sessões extras. Bicho e Amores Possíveis já tiveram lotação esgotada para a primeira exibição. Por isso, abrimos uma segunda sessão logo após a primeira", conta Alvim.A periodicidade do evento está garantida, mas os temas podem variar. "Desta vez, tivemos sorte de unir a comemoração do Dia da Mulher às boas produções femininas, mas não haverá tema fixo. A prioridade é exibir bons filmes inéditos", diz Alvim. Em maio, a Semana vai ao Rio e, ainda este ano, deve ser levada para Porto Alegre, Brasília e Belo Horizonte.2.ª Semana O Especialista de Cinema - Hoje, Bicho de Sete Cabeças, de Laís Bodanzky; terça, Fast Food, Fast Women, de Amos Kollek; quarta, Código Desconhecido, de Michael Haneke; quinta, Tônica Dominante, de Lina Chamie; Amores Possíveis, de Sandra Werneck; Amor Proibido, de Im Kwon-Taek. Diariamente, às 21h30. Grátis (convites somente pelos sites banco1.net e oespecialista.com.br). Espaço Unibaco 1. Rua Augusta, 1.475, tel. 288-6780. Até 25/3.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.