Reprodução
Reprodução

Mostra de SP exibe novo filme de Santoro sem beijo gay

Aplaudido nos festivais por onde passou, 'I Love You Philip Morris', com Jim Carrey, fala sobre homossexualismo

Agência Estado,

05 de novembro de 2009 | 09h37

Faltava meia hora para o filme "I Love You Phillip Morris" começar, na terça-feira, e uma enorme fila já seguia pelos corredores da Fundação Armando Álvares Penteado (Faap), onde a produção protagonizada por Jim Carrey seria exibida. Em menos de 15 minutos, os 320 lugares estavam preenchidos por frequentadores da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Mas a cena do beijo na boca dos atores Jim Carrey e Rodrigo Santoro foi cortada. Santoro participou de um bate-papo com o público e com os diretores Glenn Ficarra e John Requa.

Cômico e dramático, o filme é baseado no livro homônimo, de Steve McVicker, que conta a história de Steve Russel (Carrey), que se apaixona na cadeia por Phillip Morris (Ewan McGregor). Quando Morris é libertado, Russel foge quatro vezes só para encontrá-lo. Santoro interpreta o primeiro namorado de Morris, que morre de aids. O longa agradou por onde passou, nos festivais de Sundance, nos EUA, e Cannes, na França. Na Faap, foi aplaudido de pé. Mas gerou ao menos uma frustração: a comentada cena do beijo gay entre Santoro e Carrey foi cortada.

"Ela estará presente nos extras do DVD", disseram Glenn Ficarra e John Requa. "A química sexual entre Santoro e Jim Carrey era muito grande e estava se sobressaindo na história principal, por isso cortamos. Mas, antes, ligamos para Carrey e Santoro para avisá-los", diz Ficarra. Santoro recebeu o corte como um elogio dos diretores: "O meu personagem estava puxando atenção e não deveria ter espaço na trama. Os diretores disseram que iam fazer um elogio para mim, que era a cortar a cena (do beijo), porque eu estava muito bem".

O papel de Santoro é importante, mas o tempo em que ele aparece em cena não foi muito diferente de sua participação em "As Panteras 2", "300" ou "Che". Depois desse filme, Santoro vai interpretar o protagonista do filme "Heleno", sobre o jogador Heleno de Freitas, que será dirigido por José Henrique Fonseca e coproduzido por ele. "Vamos começar a rodar no primeiro semestre de 2010." Até lá, o ator colhe os louros de "I Love You Phillip Morris", que, aliás, nada tem a ver com a multinacional produtora de cigarros. O longa, que estreia em circuito comercial em fevereiro de 2010, ainda pode ser visto na Mostra (nesta quinta, 5, no HSBC Belas Artes). As informações são do Jornal da Tarde.

I Love You Phillip Morris. Sessão nesta quinta, 5, às 19h50, no HSBC Belas Artes. (Rua da Consolação, 2423). www.mostra.org.

Tudo o que sabemos sobre:
cinemaRodrigo SantoroFaapJim Carrey

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.