Morre Robert Wise, diretor de "A Noviça Rebelde"

Robert Wise, diretor de filmes clássicos como A Noviça Rebelde e Amor, Sublime Amor, morreu aos 91 anos, anunciou hoje seu agente.Durante uma carreira de meio século, Wise filmou uma variedade de gêneros e colaborou com Orson Welles em O Cidadão Kane, pelo qual foi indicado ao Oscar na categoria montagem.Mas, seus maiores sucessos de público, que lhe renderam quatro Oscars, foram A Noviça Rebelde e Amor, Sublime Amor, dois dos musicais mais populares de todos os tempos.Wise morreu na noite de quarta-feira devido a um ataque cardíaco, depois de ter sido internado no Centro Médico da Universidade da Califórnia , em Los Angeles, queixando-se de dormência, disse seu agente LawrenceMirisch à Associated Press.Mirisch disse que Wise parecia muito saudável quando completou 91 anos no último sábado. A esposa do cineasta, Millicent Wise, estava na cidade espanhola de San Sebastián para receber, em nome dele, uma homenagem por sua carreira durante o Festival de Cinema, que começa hoje, Ao ser informada da notícia, partiu imediatamente para Los Angeles. Divulgação/Julie Andrews em cena de A Noviça RebeldeWise dirigiu 39 filmes, nos mais variados gêneros, como ficções científicas (O Dia em Que a Terra Parou e Jornada nas Estrelas, o Filme), dramas (Queri Viver), guerras (O Mar É Nosso Túmulo) e westerns (Honra a Um Homem Mau). "Não tenho um gênero preferido. Apenas busco o melhor material que possa encontrar", disse em entrevista à APApesar de muitos de seus filmes terem adquirido estatura de clássicos, seus musicais superaram todos os outros no gosto do público. Wise dividiu com Jerome Robbins o Oscar de melhor diretor em 1961 por Amor, Sublime Amor e voltou a ganhá-lo em 1965 por A Noviça Rebelde. Os dois filmes também foram premiados como melhor filme.Amor, Sublime Amor era uma adaptação do tema de Romeu e Julieta aos bairros pobres de Nova York. Com música de LeonardBernstein, o filme ganhou dez estatuetas do Oscar.A Noviça Rebelde, sobre uma governanta que conquista o amor do patrão e das crianças da casa onde trabalha, ganhou cinco Oscars, e durante muitos anos foi o filme de maior bilheteria.Wise considerava Welles, com quem colaborou na montagem de Soberba, "o homem mais parecido com um gênio que já conheci".Ao longo do tempo, Cidadão Kane encabeçou muitas listas dos melhores filmes de todos os tempos.Seu último filme, Nos Telhados de Nova York, de 1989, foi uma nova tentativa de realizar um musical urbano como Amor, Sublime Amor, mas com música pop moderna. Não teve sucesso de público, mas ganhou elogios da crítica.Wise nasceu em Winchester, Indiana, em 1911. Ele foi presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, a instituição que entrega os Oscar, assim como do Director´s Guild, o sindicato dos diretores. Os diretores das duas entidades lamentaram hoje sua morte:Sid Ganis, presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas: "Nós perdemos um dos verdadeiros gigantes de nossa arte nesta quarta-feira, o homem cujo amor por contar histórias através do cinema foi completa e genuína" . Wise serviu por 25 anos no conselho da Academia.Michael Apted, presidente do Sindicato de Diretores: "Sua devoção à arte e a riqueza de seu conhecimento sobre o que tinha que ser feito em todo momento foi um presente para seus companheiros de profissão".Filmografia de Robert Wise como diretorA Maldição do Sangue da Pantera, 1944 Mademoiselle Fifi, 1944 O Túmulo Vazio, 1945 A Fera Humana, 1945 Absolvida, 1946 Nascido Para Matar, 1947 Mistério no México, 1948 Sangue na Lua, 1948 Punhos de Campeão, 1949 Entre Dois Juramentos, 1950 Os Três Segredos, 1950 Terrível Suspeita, 1951 O Dia em que a Terra Parou, 1951 Cidade Cativa, 1952 Falsa Verdade, 1952 Ratos do Deserto, 1953 Prisioneiros da Mongólia, 1953 Meu Filho, Minha Vida, 1953 Um Homem e Dez Destinos, 1954 Helena de Tróia, 1955 Honra a um Homem Mau, 1956 Marcado Pela Sarjeta, 1956 Esta Noite ou Nunca, 1957 Famintas da Amor, 1957 O Mar É Nosso Túmulo, 1958 Quero Viver, 1958 Homens em Fúria, 1959 Amor, Sublime Amor, 1961 Dois na Gangorra, 1962 Desafio ao Além, 1963 A Noviça Rebelde, 1965 O Canhoneiro do Yang-Tsé, 1966 A Estrela, 1968 O Enigma de Andrômeda, 1972 Amor Sem Promessas, 1973 O Dirigível Hindenburg, 1975 As Duas Vidas de Audrey Rose, 1977 Jornada nas Estrelas, O Filme, 1979 Nos Telhados de Nova York, 1989 A Storm in Summer, 2000 (para televisão)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.