Morre o roteirista de Hollywood Peter Viertel

Internado numa clínica, escritor ficou muito abalado com a morte de sua mulher há três semanas

Efe,

07 de novembro de 2005 | 14h42

O roteirista Peter Viertel, autor de títulos como Uma aventura na África (1951), de John Huston, morreu em Marbella (sul da Espanha) aos 86 anos devido a uma grave doença, três semanas após sua esposa, a atriz Deborah Kerr, ter morrido no Reino Unido. Viertel estava estabelecido desde os anos 60 em Marbella, onde residia grande parte do ano com sua esposa, e foi internado há três semanas em uma clínica particular da cidade, onde morreu, informou nesta segunda-feira, 5, à Agência Efe Arturo Reque, advogado e amigo da família. Reque explicou que o escritor, de origem alemã, já estava hospitalizado quando soube da notícia da morte de sua mulher, no dia 16 de outubro, fato que "lhe afetou muito" apesar de ser um homem de uma "fortaleza tremenda". Nascido em Dresden (Alemanha) em 1920, Viertel passou sua infância na Califórnia, onde sua família se instalou quando tinha oito anos, e embora não descartasse voltar a trabalhar para Hollywood, negava a possibilidade de viver de novo nos Estados Unidos, ao considerar que "se alguém vive muito tempo em um país latino é difícil viver em outro país não latino". "Eu sou mais andaluz que os andaluzes", afirmou o roteirista, cujo corpo será cremado no cemitério local.

Tudo o que sabemos sobre:
Peter ViertelHollywood

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.