Morre o produtor Havelock-Allan

Sir Anthony Havelock-Allan, grande produtor de cinema, principalmente na década de 40, morreu no sábado, aos 98 anos, de parada cardíaca. Antes de começar a ser produtor, Havelock-Allan foi vendedor de jóias, representante de anúncios em jornais e produtor de músicos. Na época dos conhecidos "cota filmes" - produções baratas destinadas a ajudar teatros/cinemas, ele produziu mais de 20 filmes no começo da década de 30. Mas logo ele enveredou para o trabalho com filmes sérios, como o In Which We Serve, de 1942, em que trabalhou com Noël Coward e David Lean, e Blithe Spirit. Em 1946, o produtor foi indicado para o Oscar por Brief Encounter e a primeira versão de Grandes Esperanças, que ele também roteirizou.

Agencia Estado,

16 de janeiro de 2003 | 18h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.