Reprodução de 'Highlander: The Raven' (1998)/USA Network
Reprodução de 'Highlander: The Raven' (1998)/USA Network

Morre o diretor Dennis Berry, que foi casado com Jean Seberg e Anna Karina

Cineasta tinha 76 anos e esteve à frente de filmes como 'The Big Delirium', 'Anna Karina, souviens-toi' e 'Selvagens'

AFP, Agências

13 de junho de 2021 | 12h01

O diretor, roteirista e ator americano Dennis Berry, que foi casado com duas estrelas da Nouvelle Vague francesa, Jean Seberg e Anna Karina, morreu no sábado, aos 76 anos, informou neste domingo seu agente à AFP.

"O diretor Dennis Berry faleceu em Paris no dia 12 de junho às 9h45. Cercado de todo o amor de seus amigos, ele vai reencontrar Anna Karina", que morreu em 2019, declarou seu agente Ouarda Benlaala. Como diretor, assinou em 1975 The Big Delirium - seu primeiro filme - com Jean Seberg e Isabelle Huppert. Em 2017, dedicou um documentário à esposa: Anna Karina, souviens-toi. Seu último filme, Selvagens, foi lançado em 2019. 

Nascido nos Estados Unidos, Dennis Berry vivia em Paris desde os anos 1970. Em 1972 casou-se com a atriz americana Jean Seberg, protagonista com Jean-Paul Belmondo no mítico Acossado de Jean-Luc Godard de 1960. O casal já estava separado quando a atriz morreu em Paris em 1979. 

Em 1982, Berry se casou com outra ícone da Nouvelle Vague, a dinamarquesa Anna Karina, que trabalhou em vários filmes de Jean-Luc Godard, incluindo O Demônio das Onze Horas.

Dennis Berry, filho do também diretor de cinema John Berry, desempenhou pequenos papéis ao lado de grandes estrelas, como Alain Delon ou Jean-Paul Belmondo, e sob a direção de cineastas renomados, como Jules Dassin, Eric Rohmer, Jacques Rivette, Carlo Lizzani, Jacques Deray ou André Téchiné. 

Tudo o que sabemos sobre:
Jean SebergAnna Karinacinema

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.