Morre o diretor de cinema japonês Kazuo Kuroki

Morreu, aos 75 anos, vítima de uma parada cardíaca, o diretor de cinema japonês Kazuo Kuroki, famoso por retratar em seus filmes as conseqüências da bomba atômica que atingiu as cidades de Hiroshima e Nagasaki no final da 2.ª Guerra Mundial. Entre seus trabalhos, destaca-se Utsukushii Natsu Kirishima (2002) e a trilogia Réquiem de Guerra (2004), esta última bastante elogiada pela crítica. Kuroki reconhecia a influência do cinema francês em suas obras, como o filme de Alain Resnais, Hiroshima Mon Amour (1959).Kuroki conviveu a vida toda com a culpa por ter sobrevivido, quando criança, a um bombardeio norte-americano contra a fábrica de aeronáutica onde trabalhava na ilha de Kyushu, no sul do Japão. Onze crianças morreram no ataque. A culpa de Kuroki o motivou a mostrar ao mundo, através do cinema, histórias dolorosas ligadas a bombardeios, segundo ele mesmo declarava.

Agencia Estado,

12 de abril de 2006 | 17h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.