Paco Campos/Efe
Paco Campos/Efe

Morre o cineasta espanhol Luis García Berlanga

Berlanga era considerado um dos grandes mitos do cinema espanhol; ele estava aposentado desde 2000

Efe

13 de novembro de 2010 | 08h41

MADRI - O cineasta espanhol Luis García Berlanga faleceu neste sábado, 13, por volta das 7h da manhã em sua casa em Madri, aos 89 anos, confirmou sua família à Agência Efe.

 

Berlanga, um dos grandes mitos do cinema espanhol pelos filmes "Bienvenido, Mr. Marshall!" (1952), "Plácido" (1961) e "O Verdugo" (1963), nasceu em Valência em 12 de junho de 1921 em uma família burguesa. Era neto do governador de sua cidade e filho de um deputado da Frente Popular.

 

Segundo um porta-voz da família, García Berlanga teve uma morte tranquila, e seu funeral ocorrerá nas próximas horas na Academia de Cinema.

 

O cineasta e acadêmico, que recebeu o Prêmio Príncipe de Astúrias em 1986, estava aposentado desde 2000 e sua última aparição pública foi no mês de maio.

 

Berlanga representou a Espanha no Oscar em mais de uma ocasião, como ocorreu no início dos anos 1980 com "Patrimônio Nacional".

 

 O jornal espanhol 'El País' fez um especial bem completo sobre o cineasta. Para acessar, clique aqui.

Tudo o que sabemos sobre:
Luis García Berlangacinemamorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.