Morre o ator "mafioso" Joe Viterelli

O ator Joe Viterelli, o mafioso de Máfia no Divã, morreu no dia 29 de janeiro, aos 66 anos, por complicações numa cirurgia do coração realizada no Hospital Valley, em Las Vegas, disse na segunda-feira à Associated Press seu filho Joseph Vitarelli, compositor cinematográfico que assina seu sobrenome de forma diferente do pai.Viterelli, que conquistou vários papéis cômicos com sua aparência robusta e de mau, porém, muito simpático, começou a atuar aos 50 anos. Antes disso, realizou diferentes trabalhos: administrou escolas de música fundadas por sua família no Queens, em Nova York; administrou bares; dirigiu caminhão; foi dono de um serviço de limpeza; e até fez furos em bolas de boliche. Viterelli nasceu em Nova York e mudou-se para Los Angeles no fim da década de 1970, quando se tornou amigo do diretor Leo Penn. Anos mais tarde, foi convencido por Sean Penn, filho do diretor, a atuar no cinema e na televisão. Viterelli era casado com Catherine e tinha filhos.

Agencia Estado,

25 de fevereiro de 2004 | 10h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.