Morre o ator John Drew Barrymore

John Drew Barrymore, o problemático herdeiro de uma dinastia de atores e pai da estrela de cinema Drew Barrymore, morreu esta madrugada, aos 72 anos. "Por favor, sorriam quando pensarem nele", disse Drew Barrymore por meio de uma declaração divulgada pelo assessor de sua produtora Flower Films, Chris Miller. Nenhuma informação foi divulgada sobre a causa e o local em Los Angeles da morte. John D. Barrymore fazia parte de um clã de atores que incluía seu pai, John Barrymore, e seus tios, Lionel Barrymore e Ethel Barrymore. Drew Barrymore é filha de John Drew com sua terceira mulher, Ildiko Jaid Barrymore.O ator nasceu em Beverly Hills, em 4 de junho de 1932, e era filho da atriz Dolores Costello. John Drew começou sua carreira ainda adolescente, aparecendo profissionalmente primeiro como John Barrymore Jr., antes de adotar o nome John Drew Barrymore.Seus primeiros papéis nos anos 1950 incluem filmes como The Sundowners, High Lonesome, Quebec, The Big Night, Thunderbirds e While the City Sleeps. Mas, durante sua carreira, ele teve problemas com drogas, dirigir embriagado e violência. Por volta dos anos 1960, ele trocou Hollywood pela Itália, trabalhando em filmes europeus.Em1964 ele já havia se casado duas vezes, com Cara Williams e com a atriz italiana Gabriella Palazollo, e voltado para Hollywood depois de fazer mais de doze filmes na Europa, nenhum deles memorável. Em 1967, o júri do Condado San Bernardino condenou-o por posse de drogas a 60 dias de prisão, mas ele foi liberado pelo juiz. "Use seu talento e você irá longe", disse o juiz Theodore G. Krumm. Depois de outra temporada longe de Hollywood, ele esporadicamente fazia filmes para TV e cinema.Como uma estrela jovem que também enfrentou problemas com o álcool e as drogas, Drew Barrymore escreveu sobre o pai no livro de memórias Little Girl Lost. Ele foi descrito como uma ameaça, aparecendo apenas para abusar da filha e da mulher e pedir dinheiro. "O pouco contato que tive com ele foi abusivo e caótico", disse Drew à agência de notícias AP em 1990. John D. Barrymore também deixa um filho, John Barrymore III, de sua primeira mulher.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.