Morre o ator italiano Massimo Girotti

O ator italiano Massimo Girotti morreu na madrugada de hoje, em Roma, aos 84 anos, após uma crise cardíaca. Um dos atores favoritos de Roberto Rossellini, Luchino Visconi e Vittorio De Sica, Girotti é dono de uma das mais extensas filmografias do cinema italiano. Esteve em clássicos como Obsessão (1942) e O Inocente (1976), de Visconti, Crimes d´Alma (1950), de Antonioni, e Teorema (1969), de Pasolini.Veterano, passou a colecionar papéis secundários mas nunca deixou de atuar. Entre seus filmes mais recentes, está O Monstro, de 1994, com direção de Roberto Benigni. Há poucas semanas, finalizava sua última produção, La Finestra di Fronte, do cineasta turco Ferzan Ozpetek. Girotti era viúvo e deixa dois filhos, Alessio e Arabella, e uma neta, Anahid.

Agencia Estado,

06 de janeiro de 2003 | 11h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.