Morre o ator francês Michel Constantin

O ator francês Michel Constantin, dos clássico de Jacques Becker A um Passo da Liberdade (1960) e de Jean-Pierre Melville Os Profissionais do Crime (66), morreu ontem aos 79 anos em hospital de Draguignan, sul da França. Alto, voz grave, sobrancellhas grossas, Constantin colecionou uma longa lista de personagens durões, entre gângsteres, policiais e vingadores.Filho de imigrantes do Leste Europeu, ele nasceu Constantin Hokloff, em Paris, no dia 13 de julho de 1924. Antes de ser ator, trabalhou como operário da Renault, jornalista esportivo e foi até capitão da seleção francesa de vôlei. O ministro francês da Cultura, Jean-Jacques Aillagon, declarou que Constantin, com seu físico particular e inegável talento para interpretar a gente marginal da sociedade, conquistou a "afeição do público e deixa sua marca no cinema francês popular e de alta qualidade."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.