Sebastien Nogier/EFE
Sebastien Nogier/EFE

Morre o ator francês Jean-Louis Trintignant

Ator de filmes como 'Amor', 'E Deus Criou a Mulher' e 'Aquele que Sabe Viver' tinha 91 anos

Redação, AFP

17 de junho de 2022 | 13h40

Lenda do cinema e do teatro francês, o ator Jean-Louis Trintignant morreu nesta sexta-feira, 17, aos 91 anos, anunciou sua mulher Mariane Hoepfner Trintignant, à AFP, em um comunicado transmitido por seu agente.

O ator de E Deus Criou a Mulher e Z morreu "serenamente, de velhice, esta manhã em casa, cercado por seus entes queridos", disse sua esposa. Ele tinha um câncer havia muitos anos. 

Tímido e discreto, ele construiu uma longa carreira com mais de 160 papéis, entre cinema e teatro.

Sua entrada na história do cinema foi famosa, com Um Homem e uma Mulher, de Claude Lelouch, Palma de Ouro em Cannes em 1966. Mais recentemente, atuou em Amor, de Michael Haneke.

Apenas três anos depois, ganhou o prêmio de melhor atuação masculina com Z de Costa Gavras, uma denúncia contra a ditadura dos coronéis gregos que rapidamente repercutiria na América Latina.

Trintignant perdeu duas filhas - Pauline, ainda bebê, e Marie, em 2003. A jovem, com quem dividia o palco, foi espancada até a morte por seu companheiro, o cantor de rock francês Bertrand Cantat. Uma tragédia que o acompanhou em sua velhice.

Tudo o que sabemos sobre:
cinemaJean Louis Trintignant

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.