Morre o ator e cantor americano Robert Goulet

No mês passado ele foi internado com fibrose pulmonar e esperava por um transplante de pulmão

Efe,

07 Outubro 2031 | 03h18

O ator e cantor americano Robert Goulet morreu nesta terça-feira, 30, em Los Angeles, aos 73 anos, quando esperava por um transplante de pulmão, informaram fontes de sua família.   A operação deveria ter sido feita no Centro Médico Cedars-Sinai, onde o barítono foi internado no mês passado, com fibrose pulmonar.   Goulet, quem nos últimos anos tinha praticamente desaparecido dos palcos, ganhou fama em 1960 interpretando o papel de Lancelot no musical "Camelot", um dos maiores sucessos da Broadway na década de 1960. Ele trabalhou ao lado de Julie Andrews e Richard Burton, que tiveram os papéis principais.   Filho de pais canadenses, Goulet nasceu em Lawrence (Massachusetts), em 26 de novembro de 1933. No momento de sua morte as autoridades de Ottawa estudavam uma solicitação de naturalização, informaram fontes de sua família.   Durante sua carreira como cantor, Goulet lançou 15 álbuns com baladas. Em 2005 reapareceu numa versão para Broadway para "A Gaiola das Loucas".   Em 1991, interpretou o papel de Quentin Hapsburg na comédia "Corra que a Polícia vem aí 2 1/2".

Mais conteúdo sobre:
Robert Goulet

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.