Morre o ator americano Victor Argo

O ator americano Victor Argo morreu ontem em Nova York, aos 69 anos, em decorrência de um câncer de pulmão, segundo publicou hoje o jornal The New York Times. O ator, cujo nome verdadeiro era Víctor Jiménez, nasceu no Bronx, filho de pais porto-riquenhos, adotou o nome de Victor Argo para evitar que seu nome fosse associado a papéis latinos. Argo representou vários papéis policiais e trabalhou com o diretor Martin Scorsese nos filmes Caminhos perigosos (1973) e Taxi driver (1976), ambos ao lado de Robert de Niro e Harvey Keitel, e em A última tentação de Cristo (1988), em que fazia o papel de São Pedro. Ele também atuou em filmes de Abel Ferrara e Jim Jarmusch. Um de seus últimos trabalhos foi no musical Ana nos trópicos, do cubano Nilo Cruz, onde representava um dono de uma fábrica de charutos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.