Morre o ator americano Karl Malden, aos 97 anos

Ganhador do Oscar de melhor coadjuvante por 'Um Bonde Chamado Desejo' atuou em várias produções

EFE,

01 de julho de 2009 | 18h50

O ator americano Karl Malden, ganhador de um Oscar de melhor ator coadjuvante por sua atuação em Um Bonde Chamado Desejo (1951), morreu nesta segunda, 1, aos 97 anos, informou o jornal Los Angeles Times.

Ator trabalhou em de Golpe de Mestre 2 e A Conquista do Oeste,  Sindicato de Ladrões, na série de TV São Francisco Urgente, com Michael Douglas, entre muitos outros. Foto: AP

 

O artista, que integrou o elenco de Golpe de Mestre 2 e A Conquista do Oeste, concorreu a um segundo Oscar por seu papel em Sindicato de Ladrões (1954). Nesse filme, assim como em Um Bonde..., Malden contracenou com Marlon Brando.

 

Lembrado por seu rosto de traços duros e pelo particular formato de seu nariz, em 1988 foi eleito presidente da Academia de Hollywood, cargo que ocupou durante cinco anos.

 

Malden, protagonista também da popular série de televisão dos anos 70 São Francisco Urgente, em que atuava ao lado de Michael Douglas, ficou ainda mais famoso nos EUA ao fazer companhia publicitária para a American Express.

 

O ator foi o principal defensor da entrega do Oscar honorário pelo conjunto da obra em 1999 ao diretor Elia Kazan, recordado por delatar companheiros durante a chamada "caça às bruxas" dos anos 50.

 

"Sempre olhei seu trabalho, não sua ideologia política", declarou então.

Malden morreu de causas naturais, como disse sua filha Mila Doerner.

Tudo o que sabemos sobre:
Karl Malden

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.