Morre no Canadá o diretor de "Rambo"

George P. Cosmatos, diretor de Rambo, o filme que levou ao estrelato o ator Sylvester Stallone, morreu aos 64 anos de idade na cidade canadense de Victoria, anunciaram fontes da indústria do cinema. De acordo com estas fontes, Cosmatos, que também dirigiu Tombstone, outro de seus grandes sucessos, morreu de câncer pulmonar na semana passada.Nascido na Itália, criado no Egito e no Chipre e com estudos de cinema em Londres, Cosmatos era o típico diretor de cinema internacional que se acotovelou na década de 1970 com os atores mais destacados do cinema mundial daqueles anos, entre eles sua compatriota Sophia Loren, Burt Lancaster, o canadense Donald Sutherland, e o inglês Richard Burton.Sua primeira experiência no ofício que o faria famoso, foi junto ao diretor americano Otto Preminger durante a filmagem de Exodus, com Paul Newman, em 1960 e até teve um pequeno papel em Zorba, o Grego (1964) outro dos grandes sucessos desses anos. Cosmatos vivia há 24 anos com seu único filho Panos, em Victoria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.