DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO

Morre Martin Milner, de 'A Família Robinson' e de 'Rota 66'

Ator vítima de Insuficiência cardíaca faleceu aos 83 anos

Redação, O Estado de S. Paulo

08 de setembro de 2015 | 18h26

Martin Milner, ator que ficou conhecido ao estrelar a série Rota 66, da década de 1960, faleceu no último domingo, 6, aos 83 anos de idade. Segundo a esposa do ator ao New York Times, a causa da morte foi insuficiência cardíaca.

Ao longo de sua carreira, o Milner também atuou em outras produções como A Família Robinson e Adam-12. O departamento de polícia de Los Angeles fez uma homenagem ao ator, ao mencionar sua morte em sua página oficial do Twitter, com uma mensagem que faz referência ao trabalho dele em Adam-12.

Martin Sam Milner nasceu no dia 28 de dezembro de 1931, em Detroit. Seu pai trabalhava como distribuidor de filmes da Universal, e sua mãe era uma dançarina dos teatros da Paramount. Martin começou a atuar ainda criança em montagens escolares e grupos comunitários.

O ator iniciou sua carreira profissional na adolescência, em Los Angeles, quando começou a atuar no cinema. Seu primeiro filme foi Life with Father, de 1947, ao lado de William Powell e Elizabeth Taylor. Nos anos seguintes, atuou ao lado de nomes como John Wayne, Henry Ford, Gary Cooper, James Cagney, Jack Lemmon, Burt Lancaster, Gene Kelly, Natalie Wood,Myrna Loy e Orson Welles, entre outros.

Rota 66 representou a cultura "pé na estrada" perpetuada pelaobra de Jack Kerouac, escritor da geração beatnik. A série apresentou ao público da época a diversidade cultural existente no interior do país.  

Criada por Herbert B. Leonard e Stirling Silliphant, ambos de Cidade Nua, a produção trazia uma narrativa na qual personagens centrais serviam de coadjuvantes dos atores convidados, que viviam diferentes situações. Filmada inteiramente em locação,Rota 66 contava a história de Tod (Martin) e seu amigo Buzz (George Maharis).

Quando o pai de Tod morre, deixa de herança um carro Chevrolet Corvette conversível. Assim, ele decide partir em viagem pelas estradas americanas na companhia de seu melhor amigo. Parando de cidade em cidade, eles conhecem, se relacionam e ajudam pessoas que estão passando por algum momento de dificuldade.

Desde 1957, Martin era casado com a atriz e cantora Judy Bess Jones, com quem teve quatro filhos, Molly, Stuart e Andrew, além de Amy.

 

Mais conteúdo sobre:
CinemaMartin Milner

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.