Morre L. Baarova, amante de Goebels

A atriz Lida Baarova, que se destacou nos anos 30 em filmes produzidos pelo 3.º Reich, faleceu hoje em Salzburgo. Lida, cujo nome verdadeiro era Ludmila Babkova, foi amante do ministro da propaganda de Hitler, Joseph Goebbels. Nasceu em 1914, em Praga. Há alguns anos, após a morte de seu segundo marido, passou a viver na Áustria.Baarova se fez famosa no mundo do cinema após iniciar seus trabalhos na companhia de cinema Alemã, UFA. Sua estréia ocorreu em 1935, com Barcarole. Nessa mesma época, entre 1934 e 1938, rodou grande número de filmes em Berlim. Na Espanha atuou em Rapsodia de Sangue. Para evitar um escândalo após o término de sua relação com Goebbels foi obrigada a fugir para a República Checa (então Checoslováquia). A partir de 1943 passou a viver em Roma, onde participou de alguns filmes de Vittorio de Sica e de Federico Fellini, como Os Boas Vidas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.