Morre Frank Thomas, um antigo animador da Disney

Frank Thomas, um dos mais antigos animadores dos estúdios Disney, morreu nos EUA, aos 92 anos, segundo informa a assessoria da The Walt Disney Brasil. Thomas animou as cenas dos pingüins dançantes de Mary Poppins (1964) e a de Bambi aprendendo a patinar no gelo no desenho de 1942. Durante os 43 anos em que trabalhou para a companhia, o desenhista foi responsável por várias sequências memoráveis, como aquela cena de amor entre os dois carrochos que dividem um prato de espaguete, terminando num beijo, em A Dama e o Vagabundo (1955). O animador, que tinha a saúde debilitada desde uma hemorragia cerebral sofrida no início do ano, morreu em sua casa. Frank trabalhou ainda em parceria com Ollie Johnston, no time que criou a Branca de Neve e os Sete Anões (1937), o primeiro longa-metragem de animação da Disney. "Frank foi um gigante do ramo. Significou muito para todos nós que amamos a arte da animação", disse John Lasseter, diretor de criação da Pixar Animation, empresa parceira da Disney em vários longas, como Toy Story, Monstros S/A e o inédito Os Incríveis. "Frank faz parte do legado da Disney. Foi um dos maiores talentos que o estúdio já teve", afirmou Michael Eisner, chefe executivo da Walt Disney Co.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.