Morre atriz Martha Hyer, de ‘Deus Sabe Quanto Amei’

Americana, que foi indicada para o Oscar pelo filme, morreu em sua casa nos Estados Unidos, aos 89 anos

O Estado de S. Paulo

11 Junho 2014 | 13h29

A atriz americana Martha Hyer, de Deus Sabe Quanto Amei (1958), pelo qual recebeu no mesmo ano uma indicação para o Oscar, e Sabrina (1954), morreu no dia 31 de maio, em Santa Fé, no Novo México, de acordo com The Hollywood Reporter. Ela tinha 89 anos e também ficou conhecida por ser a viúva do lendário produtor Hal B. Wallis (que fez, entre outros, Casablanca, e a versão original de Bravura Indômita).

Além do papel de uma professora, contracenando com Frank Sinatra e Shirley MacLaine, em Deus Sabe Quanto Amei, ela também participou de Sabrina, com Humphrey Bogart, Irene, A Teimosa, de Gregory La Cava, e Os Filhos de Katie Elder, com John Wayne, entre muitos outros.

Martha Hyer também foi cotada para o papel principal em Psicose (1960), de Alfred Hitchcock, mas foi preterida por Janet Leigh.

Nascida em Forth Worth, Texas, estudou na Northwestern University. Ela assinou um contrato com a produtora RKO depois de um olheiro observá-la atuando em uma peça. Sua estreia no cinema se deu com Angústia, em 1946. Em 1990, ela publicou um livro de memórias Finding My Way: A Hollywood Memoir.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.