Alberto Pizzoli/ AFP
Alberto Pizzoli/ AFP

Morre atriz e romancista francesa Anne Wiazemsky, ex-mulher e musa de Godard

Neta do Nobel de Literatura François Mauriac estreou no cinema em 1966 com 'A Grande Testemunha', de Robert Bresson

O Estado de S.Paulo

05 Outubro 2017 | 12h36

A atriz e romancista francesa Anne Wiazemsky, ex-mulher e principal inspiração do cineasta Jean-Luc Godard, morreu nesta quinta-feira, aos 70 anos, depois de lutar contra um câncer.

A neta do Nobel de Literatura François Mauriac estreou no cinema em 1966 com A Grande Testemunha, de Robert Bresson. Foi durante as filmagens que ela conheceu aquele que seria o seu marido por 12 anos.

Entre os sete filmes que Godard e Anne fizeram destacam-se A Chinesa, Sympathy for the Devil e Tudo Vai Bem. A relação que teve com o cineasta ficou imortalizada neste ano em Le Redoutable, de Michel Hazanavicius, que foi lançado no Festival de Cannes e contou com a presença de Anne.

Como romancista deixou Mon Enfant de Berlin (sem edição no Brasil), publicado em 2009, e Un saint homme, lançado no começo deste ano. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.