Reprodução/Twitter
Reprodução/Twitter

Morre aos 76 anos o dublador Júlio Chaves, voz de Mel Gibson no Brasil

Ator também deu voz a personagens de 'Procurando Nemo', 'Harry Potter' e 'House of Cards'

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de agosto de 2021 | 16h55

O dublador Júlio Chaves morreu nesta terça-feira, 10, vítima de complicações da covid-19. A informação foi divulgada pelo amigo de Júlio, o também dublador Guilherme Briggs, em suas redes sociais.

"Perdemos mais um querido amigo dublador. Júlio Chaves, a eterna voz do Mel Gibson faleceu, vítima do Covid. Ele já estava internado tem alguns dias. Eu não sei mais o que dizer ou sentir, só tristeza. Descanse em paz, Julinho, muito obrigado por tanto carinho comigo sempre", publicou Briggs em sua página no Twitter.

Carioca, Chaves iniciou sua carreira na década de 1970, nos estúdios Herbert Richards, e foi a voz de atores como Mel Gibson, Rowan Atkinson e Tommy Lee Jones no Brasil, além de ter dado vida a Marlin, pai do peixinho Nemo nas animações Procurando Nemo e Procurando Dory.

O dublador também foi responsável por interpretar  Frank Underwood na dublagem brasileira de House of Cards, Crowley na série Supernatural, e Válter em na saga Harry Potter.

Tudo o que sabemos sobre:
cinemadublagem

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.