Morre a inesquecível 'Miss Moneypenny' dos filmes de 007

Lois Maxwell viveu 14 vezes o papel da secretária apaixonada pelo espião britânico

Efe,

07 de setembro de 2030 | 15h30

A atriz Lois Maxwell, a inesquecível Miss Moneypenny da antiga leva de filmes sobre James Bond, morreu no sábado, 29, na Austrália, aos 80 anos, segundo informou neste domingo a BBC. Ganhadora de um Globo de Ouro de atriz revelação no fim dos anos 1940 e com uma longa carreira no cinema e na televisão, Lois será sempre lembrada por seu papel como a secretária que era apaixonada por James Bond. Lois, que nasceu na cidade canadense de Kitchener, em Ontário, interpretou a secretária do chefe do serviço de espionagem britânico (MI6) 14 vezes, mais que qualquer outra atriz. Sua primeira aparição na série foi em 007 contra o Satânico Dr. No (1962), longa no qual contracenou com Sean Connery. Depois, apareceu em outros 13 filmes do famoso espião, o último deles chamado 007 - Na Mira dos Assassinos (1985), no qual o protagonista foi Roger Moore. Em declarações à emissora britânica, Moore se mostrou triste com a notícia e lembrou que Lois era uma excelente atriz, além de uma pessoa "sempre divertida" e uma companhia "maravilhosa". "Ela era absolutamente perfeita para o papel", disse o ator, que lamentou o fato de Lois não ter continuado a interpretar a personagem depois que Timothy Dalton tornou-se o agente 007.

Tudo o que sabemos sobre:
Lois MaxwellJames Bond007

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.