Morre a atriz sueca Ingrid Thulin

Morreu ontem em Estocolmo a atriz sueca Ingrid Thulin, aos 77 anos. Seu nome figura nos créditos de mais de 60 filmes das décadas de 40 a 80, além de peças de teatro na Suécia e na Itália, onde ela viveu durante boa parte da sua vida. Ingrid Thulin ganhou fama por seus vários trabalhos com o cineasta Ingmar Bergman. Entre outros de seus filmes, Ingrid esteve em Gritos e Sussurros, de 1973, Morangos Silvestres, de 1957, e A Hora do Lobo, de 1968. Trabalhou com Alain Resnais em A Guerra Acabou, ao lado de Yves Montand, e, numa rara incursão no cinemão de Hollywood, com Vincente Minnelli em Os Quatro Cavaleiros do Apocalipse, de 1962, junto com Glenn Ford.Ao lado de Greta Garbo e Ingrid Bergman, ela era considerada uma das melhores atrizes da Suécia. Em 1958, ela dividiu o prêmio de melhor atriz do festival de Cannes com suas colegas suecas Bibi Andersson e Eva Dahlbeck, por seus papéis em No Limiar da Vida, de Ingmar Bergman.

Agencia Estado,

08 de janeiro de 2004 | 15h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.