Ron Frehm/AP
Ron Frehm/AP

Morre a atriz Lynn Redgrave, aos 67 anos

Atriz pertencia a uma dinastia de atores, entre eles sua irmã Vanessa, e recebeu indicações ao Oscar e ao Tony

AP,

03 de maio de 2010 | 14h53

NOVA YORK - Morre Lynn Redgrave, uma atriz introspectiva e independente que pertencia à dinastia de uma família de atores. Atuou em filmes que marcaram os anos 60 com Georgy, a Feiticeira e depois se destacou nos palcos em peças como Shakespere For My Father e Nightingale. Ela tinha 67 anos. Era irmã da atriz Vanessa Readgrave.

 

Seu agente Rick Miramontez, falando em nome da família, disse que Lynn morreu em paz no domingo à noite em sua casa em Connecticut. Seus filhos Ben, Pema e Annabel estavam com ela, além de amigos íntimos. Lynn foi diagnosticada com câncer de mama em dezembro de 2002 e submetida a uma mastectomia em janeiro de 2003, seguida de tratamento quimioterápico.

 

"Nossa querida mãe Lynn Rachel morreu em paz após sete anos de luta contra um câncer no seio", disseram seus filhos em um comunicado divulgado nesta segunda, 3. "Ela viveu, amou e trabalhou duro como nunca. As lembranças que deixou como mãe, avó, escritora, atriz e amiga irão nos amparar pelo resto de nossas vidas. Toda nossa família pede privacidade nesses momentos difíceis."

 

Sua morte acontece um ano após a de sua sobrinha Natasha Richardson, que sofreu um acidente enquanto esquiava, e apenas um mês após a morte de seu irmão mais velho Corin Redgrave.

 

Lynn (esq.) e sua irmã Vanessa Redgrave, em foto de 2007.  Foto: Lucas Jackson/Reuters

 

Lynn era a filha caçula de Michael Redgrave e Rachel Kempson, mas nunca alcançou a fama e o reconhecimento de sua irmã mais velha, Vanessa Redgrave, mas recebeu indicações ao Oscar por Georgy, a Feiticeira e Deuses e Monstros, além de indicações ao Tony de teatro pelas peças Mrs. Warren's Profession, Shakespeare for My Father e The Constant Wife. Em anos recentes ela apareceu na televisão americana em séries como Betty, a Feia, Law & Order e Desperate Housewives.

 

 

"Vanessa era quem esperávamos que fosse uma grande atriz", disse Lynn Redggrave à Associated Press em 1999. "Sempre diziam Corin é o cérebro, Vanessa a estrela e bem, esta é Lynn".

 

No teatro, Lynn, com sua chamativa cabeleira ruiva, mostrou uma personalidade alegre, doce e aberta que funcionou bem em peças como Black Comedy, sua estreia na Broadway en 1972, e dois anos depois em My Fat Friend, uma comédia sobre uma jovem gordinha que faz regime em busca de um romance. Alta e de olhos azuis como sua irmã, ela era tão aberta sobre sua vida pessoal quanto Vanessa o foi com questões políticas. Nas entrevistas que concedia, Lynn sempre falava abertamente sobre sua família, seu casamento e sua saúde. Admitiu ter sofrido de bulimia e escreveu com sua filha Annabel Clark em 2004 um livro sobre sua luta contra o câncer: Journal: A Mother and Daughter's Recovery From Breast Cancer''.

 

Lynn nasceu em Londres em 1943 e seguiu a tradição de sua família na carreira de atriz. Estudou na Central School of Speech and Drama de Londres e estreou no teatro antes de completar 20 anos com um papel em Sonho de Uma Noite de Verão, de Shakespeare. Como seus irmãos, trabalho no cinema e no teatro. "Antes de nascer, meu pai era um astro de cinema e do teatro", disse a atriz à AP em 1993.

 

Lynn Redgrave deixa seis netos, sua irmã Vanessa, e quatro sobrinhas e sobrinhos.

Tudo o que sabemos sobre:
Lynn Redgrave

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.