Lucy Nicholson/Reuters
Lucy Nicholson/Reuters

Mo'Nique brilha e conquista Oscar de melhor atriz coadjuvante

Sundance, Globo de Ouro, Satellite Awards e Bafta já tinham coroado atriz por seu trabalho em "Preciosa"

Efe,

08 de março de 2010 | 02h46

Confirmando todas as expectativas, Mo'Nique venceu na noite de hoje o Oscar de melhor atriz coadjuvante, por seu trabalho em "Preciosa - Uma História de Esperança".

Veja também:

mais imagens Galeria de Fotos: veja imagens da noite de gala do cinema

especial Especial: Os 81 melhores filmes da história do Oscar

blog Gabi & Croc: Histórias do Oscar no Twitter

Blog de Moda: os modelitos do tapete vermelho

lista Confira a lista dos vencedores do Oscar 2010

O ator Robin Williams foi o responsável a entregar a estatueta a Mo'Nique, que foi aplaudida de pé pelo público do Teatro Kodak. Também concorriam à estatueta Penelope Cruz, por "Nine", Maggie Gyllenhaal, por "Coração Louco", e Vera Farmiga e Anna Kendrick, ambas por "Amor Sem Escalas".

O Festival de Sundance, o Globo de Ouro, o Satellite Awards e o Bafta já tinham coroado Mo'Nique por seu trabalho em "Preciosa", o que a colocava como a principal favorita ao Oscar de melhor atriz coadjuvante.

E nem mesmo seu relativo anonimato nos cinemas - até agora ela nunca tinha repetido em Hollywood o sucesso na TV americana - foi um verdadeiro adversário no caminho para sua primeira estatueta.

Seu único obstáculo parecia o fato de interpretar um papel que dificilmente pode despertar simpatia, o de uma mãe do bairro nova-iorquino do Harlem que maltrata a filha, uma jovem obesa, analfabeta e grávida do próprio pai.

Além disso, a atriz, uma feliz mãe de família e apresentadora de um talk show nos Estados Unidos, se negou a fazer campanha para aumentar suas chances, o que já é feito para ela por Oprah Winfrey, produtora executiva do filme.

Mas Mo'Nique não precisou de publicidade. Tudo que ela necessitou para vencer o Oscar já foi visto por todos, em sua interpretação sob o comando de Lee Danils em "Preciosa".

 

Veja o trailer do filme:

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.