Mira Sorvino e Robin Williamns, a dupla da Berlinale

Robin Williams e Mira Sorvino foram as celebridades americanas de hoje no festival. Eles formam o par romântico do suspense The Final Cut, dirigido pelo estreante jordaniano Omar Naim, também autor do roteiro original. Em um futuro não muito distante as pessoas usam implantes cerebrais que registram em vídeo e som todos os momentos de suas vidas. Quando morrem, esses registros são passados a ?cutters?, editores ou montadores numa tradução livre, que as editam em filmetes mostrando apenas a parte boa de suas vidas.Williams faz o papel de Alan Hickman, considerado um dos melhores ?cutters? em atividade. Acontece que há um movimento para acabar com os implantes e com o trabalho dos tais editores. Naim tenta com isso criar um clima de subversão em uma sociedade supostamente fascista. Mas esse efeito acaba não se concretizando, muito por conta da dificuldade de se acreditar nos personagens. As apostas para The Final Cut são baixíssimas, muito em função da resposta na sessão de imprensa e do interesse dos jornalistas pelo filme na entrevista coletiva de hoje à tarde. Veja galeria de fotos da Berlinale

Agencia Estado,

11 de fevereiro de 2004 | 18h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.